"Topomorfose": projeto e livro da designer de superfície Heloísa Crocco

Escrito por: -

Desenvolvido a partir de viagens da designer de superfície, Heloísa Crocco, à Floresta Amazônica, o projeto “Topomorfose” - ato de dar forma ao cume da madeira - deu origem a um livro homônimo, que será apresentado no próximo “Ciclo de Palestras”. O evento ocorrerá no dia 21 de agosto, terça-feira, às 19h, no auditório da Templuz.

Reconhecida pelos grafismos que caminham entre a arte indígena e popular, Crocco foi convidada pela Templuz, em parceira com o Centro Minas Design/UEMG, Sebrae-MG e Revista Habitat, para contar os detalhes de seu processo criativo e de uma trajetória de mais de 30 anos.

Heloísa Crocco é artista plástica e designer. Formada em Desenho pela Universidade do Rio Grande do Sul (UFRG), Crocco se tornou um dos principais nomes da junção entre design e artesanato no país. Durante sua carreira, realizou cursos de criatividade com o inglês Tom Hudson, e de tapeçaria com Zorávia Betiol e Elizabeth Rosenfeld. Participou de exposições coletivas, salões e bienais no Brasil e no exterior. Em visitas à floresta amazônica, desenvolveu pesquisas sobre fibras e criou o Projeto Topomorfose. Em passagens pela Colômbia, Venezuela, México e Peru, a designer estudou também a arte pré-colombiana.

SERVIÇO: “Topomorfose”
Data: 21 de agosto - terça-feira
Horário: 19h
Local: Auditório da Templuz (Av. Nossa Senhora do Carmo, 1150 – BH/MG).
Inscrições gratuitas pelo site http://minasdesign.mg.gov.br/ciclodepalestras/?p=143.
Vagas limitadas.

Foto: Reprodução/minasdesign.mg.gov.br

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!